Estreia do “Conversa entre blogueiras”: sofrimento de blogueira!

3c352-conversa

Depois de tanta espera, depois de tanta preparação chegou o momento mais esperado por mim neste mês: a estreia do “Conversa entre blogueiras”! Quem acompanha o #MaiaVox percebeu que eu venho falando há um bom tempo sobre isso, onde eu e outras blogueiras de vários lugares do Brasil daremos nossas opiniões sobre determinados assuntos. Para início de história escolhemos o tema “Sofrimento de blogueira” e por isso vocês já devem notar que vai surgir uma série de desabafos, hein? Bora ver e conhecer as outras meninas?!

Antes queria mostrar meu comentário sobre todas as tormentas do dia a dia de uma blogueira:

conversa entre blogueiras mariana gomes“Eu poderia falar de uma série de dificuldades que toda blogueira(o) passa todos os dias: comentários negativos, esforço para fazer os posts e personalizar o blog, mas vou me deter ao que cabe a esses e outros desafios: o tempo que doamos para fazer o nosso espacinho crescer! Bem, eu ainda só estudo, só que passo praticamente o dia todo, todos os dias no colégio ou fazendo algo relacionado a ele ( menos quando estou de férias. Aí haja tempo!). Ainda tenho minhas responsabilidades dentro de casa, mas nada demais… Imagina quem também trabalha! Porém depois de uma maratona de correria arranjo um tempo para atualizar o blog. Já teve vezes em que eu estava muito cansada, ao ponto de ficar doente se não relaxasse, no entanto fui escrever e interagir com os leitores. Enfim, o que eu quero dizer é que não é fácil manter um blog. Mesmo sendo uma coisa prazerosa, onde se pode mostrar nossos gostos, nossos pensamentos, requer bastante responsabilidade, afinal não é só disso que é feito o cotidiano, mas como o amor é maior, nos disponibilizamos da melhor forma que podemos ao crescimento dos nossos cantinhos na blogosfera, buscando um espaço ao sol. É isso galera, até mais!”

Agora sim, vamos prosseguir😉 : 

conversa entre blogueiras milena soaresMilena Soares, de São Luís (MA) e do blog PS Milena:

“É tão mais fácil você olhar o post ali prontinho só esperando você ler. Só quem é blogueira entende tudo o que passa por trás de um post! Eu sou muito lerda pra preparar cada post, demoro no minimo 1 hora pra tirar foto, passar pro computador, editar, passar pro blog e escrever. Cansa viu? 
Sem falar quando temos que gravar vídeo pro canal, editá-lo… Dá vontade de fugir, sério. E ainda não consigo entender como tem gente que diz que ser blogueira é fácil, tenta ser uma blogueira por uma semana, trabalhando o dia inteiro na frente de um computador, lendo, pesquisando, assistindo vídeo, estudando, porque temos que estudar né, pra saber falar dos assuntos direito.
Mas sem dúvidas é super gratificante você ver que aquele post que demorou horas para ser elaborado recebendo várias visualizações e comentários, é uma sensação de dever cumprido saber que gostaram do que você fez.”

conversa entre blogueiras bruna britoBruna Brito, de Pires do Rio (GO) e do blog Agora que Cresci:

Muita gente acha que ser blogueira é uma maravilha, você só precisa escrever um texto escolher uma foto e postar no seu blog, mas só quem leva esse mundo a sério sabe como é difícil manter um blog e não receber “nada” em troca. Fazer um post é mais difícil do que muita gente pensa. Determinados assuntos requerem uma pesquisa antes, que muitas vezes demoram muito.
Às vezes as pessoas que criticam e que acham que ser blogueira não é nada demais, esquecem que temos uma vida além do blog. Muitas estudam, trabalham e chegam em casa cansadas, mas sempre lembram de dar uma passadinha no blog para responder emails e comentários de leitores e de preparar alguma coisa diferente para atrair o público. E atrair leitores é com certeza uma das tarefas mais difíceis que enfrentamos, temos que estar sempre antenadas em tudo que acontece e criando sempre algo novo. Enfim ser blogueira não é simples, não é só um trabalho, é amor, é dedicação e paixão pelo que faz, é estar sempre tentando se renovar para renovar também seu blog!”

conversa entre blogueiras leticia de oliveiraLetícia de Oliveira, idealizadora do projeto, do Rio de Janeiro e do blog Ddreams:

“Vou desabafar legal hein? Já vieram no meu Ask várias vezes falar que eu vivo em um mundo de ilusão com o blog, que isso tudo é brincadeirinha, etc… Só que cara, eu levo isso super a sério, sofrimento de blogueira: Sempre tem alguém tentando te colocar pra baixo, falando coisas do tipo ” Seu blog nunca vai crescer “, ” Fala sério, você realmente acha que vai conseguir ser conhecida com isso? ” – Eu não quero ser conhecida, meu blog está crescendo sim, mas faço tudo isso porque AMO ser blogueira, meu blog é o meu cantinho, e acabou gente. Já vieram falar que sou horrível, que eu tenho que ” cair na real “, nada disso vai me abalar, creio que toda blogueira já passou por isso, ou se não, vai passar. Mas meninas, desanimem não, vocês não são o que os outros dizem que vocês são, não desistam de ser blogueiras porque um ou outro disse que você não vai ser ninguém, que é ” bobeira “… Esse é o meu recado de hoje, beijocas da Lét!”

conversa entre blogueiras paula araujoPaula Araújo, do Rio de Janeiro e do blog Gloss Dourado:

Então gurias, sem mais delongas, eu quero dizer o quanto admiro e reconheço cada blogueira e que é com muito amor, dedicação, esforço e carinho que vai construindo seu nome nas redes… Pra quem pensa que ser blogueira é coisa de gente desocupada, ta enganado total! A gente dá um pouco de nós em cada vírgula que postamos, tudo se tem trabalho, porque nem o relógio trabalha de graça! (Risos) Enfim, como várias gurias que blogam por aí, eu também sofri, não só nas redes como na vida real, que drama né? Haha Então deixa eu contar… Ninguém me dava a mão pra ser blogueira, por acharem coisa de ocioso, até aí nem liguei mas, o caos começou quando eu estava me tornando uma maquiadora e vieram insultos tanto na parte do blog quanto na vida, sabe essas pessoas que não vencem e não querem sua vitória? É disso que to falando! Muitos dos que falavam mal eu conhecia, cheguei á falar disso com a Lét, cheguei a pensar em desistir de tudo e ser uma Paula comum e normal… Não desisti! Chorei demais com todos os insultos sim, mas continuei com meu blog e hoje, recebo carinho de outras gurias do país inteiro e de outros lugares do mundo… É, eu sei que valeu a pena eu não ter dado ouvidos á quem queria que eu desistisse. Então, minhas gurias, se você já se sentiu deprimida no meio da blogosfera, te acalma, eu também já passei e te digo com toda certeza que isso é fase e vai ter sim gente querendo teu mal, mas tu tens que ser muito forte pra passar por tudo isso e, buscar tua recompensa lá na frente!

conversa entre blogueiras fernanda cordeiroFernanda Cordeiro, de Brusque (SC) e do blog com o mesmo nome dela:

“Muita gente pensa que ser blogueira é “perca de tempo”, mas na boa, ser blogueira nos exige muuuita dedicação e muito tempo! Não é apenas escrever e postar; é muito mais que isso! Por trás de cada post há uma dedicação imensa! Sem falar que nosso dia-a-dia é muito corrido. Até parece bobeira falar isso, pois meu blog nem é tão grande assim, mas só o fato de ter que pensar, criar um conteúdo, ir a busca de imagens (nas resenhas de produtos ter o trabalho de bater a foto) já vale um grande tempo. Uma outra coisa muito importante ressaltar é os comentários maldosos… Você tenta agradar a todos, mas sempre tem uma pessoa que por algum motivo qualquer te coloca lá em baixo – tipo: “Nossa, que ridículo! “
Enfim, tirando as coisas bobas que os outros pensam e comentários inúteis, ser blogueira é uma coisa mágica! É entrar em um mundo totalmente diferente, e poder se expressar de uma maneira aonde alguém vai te reconhecer.
Eu amo e tenho orgulho de ser blogueira.

conversa entre blogueiras pauline marquesPauline Marques,  de Arapiraca (AL)  e do blog Quase que dezoito:

As pessoas acham que ser blogueira é fácil. Seu neco. Fácil mesmo é você pegar um livro e ir estudar. Só tem blog quem pode, minha gente! Nós blogueiras passamos por muitas dificuldades que vai dos comentários maldosos e anônimos (claro, anônimos. As pessoas não tem coragem de mostrar a “cara” pra fazer uma crítica) à criação de posts criativos e imensos, com o vocabulário certinho pra ajudar alguém e agradar a todos (e a todas). E entre todas as dificuldades que nós passamos na frente do computador, ainda passamos por julgamentos familiares e pela sociedade por achar que blogueira é coisa de quem não tem o que fazer ou que isso é coisa de gente besta (já ouvi MUITO). Queria que muita gente da minha cidade e que me conhece simplesmente me apoiasse. Sim, o apoio pode mudar a vida de uma blogueira. Hoje eu digo que não tenho apoio de quase ninguém, apenas do meu namorado e da minha mãe. E mesmo assim acho que só do meu namorado, que conversa comigo e dá ideias pra eu inovar no blog. Já minha mãe, acho que nem lembra que tenho um blog no ar.
Além de muita coisa, ainda tem os comentários “Amei seu blog! Estou seguindo, segue de volta? www.blogdafulana.com” que sinceramente? IRRITAM! Nós blogueiras temos que divulgar o nosso blog através das redes sociais e os –milagrosas- grupos do facebook, que servem para isso mesmo, e chega uma pessoa simplesmente fazendo spam, nem lê o post que deu um trabalhão pra criar, pedindo pra retribuir, é foogo! Adoro quando o leitor comenta sobre algo do post e ai sim no final, como quem não quer nada, deixa o link do seu blog. Eu mesmo, tenho curiosidade e vou lá retribuir a visita e olhe que por causa desses comentários, como quem não quer nada, eu hoje sigo vários.
Acho que ser blogueira é, primeiramente, AMAR blogar, AMAR o que você faz, independente de qualquer coisa. Se você realmente ama o que você faz e faz com prazer, os comentários maldosos e os NÃOs que você vai levar, se tornam pequenos, diante dos elogios ou até mesmo em encontrar alguém na rua e ouvir: “Nossa, amei seu blog!” ou então: “Você nunca mais postou, o que aconteceu?” faz com que isso te dê animo pra não desistir do seu cantinho de refúgio onde você pode conversar com seus leitores que se tornam amigos.

conversa entre blogueiras erikaÉrika Gevarauskas, de Praia Grande (SP) e do blog Sonhos de Garota:

Sabe o que é acordar e já ligar o note pra começar a responder os comentários, começar a criar um post, ficar divulgando o seu trabalho, todos os dias? Não é algo fácil, nenhum pouco, mas eu gosto de fazer isso, mesmo que eu não ganhe um centavo, eu não tô ligando. Afinal, ninguém disse que seria fácil essa vida de blogueira, né?
Eu me orgulho do que faço, e mesmo que outras pessoas pensem que isso não me leva a nada, eu digo o contrário, com o meu blog eu já aprendi muitas coisas, conheci muitas coisas, fiz algumas amizades…agora me diga, isso é não levar a nada? Desculpe, mas pra mim não.
Meu blog, é meu refugio, quando eu to triste eu tô escrevendo nele, quando eu tô feliz… Nele eu consigo compartilhar com meus leitores as melhores coisas e quero continuar com isso por muito tempo.
No começo eu figo, é difícil, falta inspiração, o layout não tá legal, às vezes o nome também não, aí você pode sentir vontade de largar tudo, mas não faça isso. Depois você vai ver que todo esse sofrimento vai valer a pena. Bom meus amores, acho que é isso.”

conversa entre blogueiras paula paziniPaula Pazini, de Americana (SP) e do blog Fim do Furacão:

“Ter um blog é sim muito legal, mas às vezes as autoras passam por coisas ruins, como por exemplo, passar horas pensando num post para ter 10 visualizações ou comentários de pessoas que nem se quer leem o que você escreveu e só dizem “segue de volta?”. Isso é extremamente irritante! Pensar num post para que outra pessoa simplesmente abra o link e passe por cima de tudo o que você escreveu, só querendo atrair público, só querendo saber de números e não de seguidores que realmente leem o que você posta!? É difícil conseguir leitores e seguidores e ao mesmo tempo, é prazeroso, me deixa feliz. O meu blog é o meu porto seguro, é como um hobbie para mim.
É sim muito estressante se preparar e se dedicar ao seu blog quando a volta é pequena, mas quando ele começa a crescer, um sorriso enorme se abre em meu rosto. E com blogs maiores, mais posts, mais comentários fúteis, mais gente pra agradar. Até mesmo pessoas que dizem que é fácil ser blogueira ou que é perda de tempo. Não, não é fácil e não é perda de tempo. É uma paixão.”

conversa entre blogueiras michelli saturninoMichelli Saturnino, de Dourados (MS) e do blog Fashion Com Estilo:

“Bom boa tarde meninas antes de começar a descascar a laranja quero em primeiro lugar dizer o quanto tenho admiração por blogueiras, pois são pessoas que realmente sabem o que querem, são fortes totalmente decididas, autenticas e tem opinião própria, pois não tem vergonha de se expressar e tão pouco preocupado com a opinião dos outros, além de tudo isso ela se vira em tudo tira foto, faz vídeo, edita vídeos, faz matérias. Blogueiras tem um pouco de repórter, modelo, amiga, irmã etc…Mas nem tudo são flores tem seu lado complicado, a maior dificuldade que vejo e tenho são tentar agradar a todos e sempre estar parecendo uma boneca pois somos alvo de críticas e ainda assim as pessoas acham que ser blogueira é fácil, que blogueira ganha muito dinheiro e de forma fácil mas se enganam o quanto nós temos que batalhar para alcançarmos o alvo. Mas com tudo isso volto a primeira parte do meu depoimento mesmo com todas as dificuldades somos fortes e realmente sabemos o que queremos não é mesmo meninas. Por isso amo o que faço e faço com muito amor. Bjobjo e até a próxima…”

O que acharam pessoal? Logo, logo tem mais posts e ah, não se esqueçam de visitar os blogs das meninas, que são muito bons! Para quem quiser vale lembrar que tem inscrição aberta para ser colaborador daqui! Beijos e até mais! ;D

26 comentários sobre “Estreia do “Conversa entre blogueiras”: sofrimento de blogueira!

  1. Pingback: Feliz 2014! ;) | Maia Vox

  2. Pingback: Conversa entre blogueiras: A melhor parte em ter um blog! | Maia Vox

  3. Olá Maia Mariana! =)
    Tudo bem?
    Pois é… eu cheguei aqui por um comentário que você deixou no meu blog, sem nenhuma divulgação explícita do seu. Cliquei no seu nome e vim parar nesse lugar tão legal… eu adorei seu blog (realmente, sem nenhuma propaganda barata!).
    Adorei esse post, principalmente por me mostrar que não sou a única que sofro com os mesmos tormentos!!! Para mim, o maior sofrimento sempre foi não ter comentários! Nossa, eu ficava num estado de nervosismo à flor da pele (dramááática)… mas como tempo, fui me desapegando disso. Claro que amo ter comentários… todas nós amamos! O sonho é ter a quantidade de comentários compatíveis com a quantidade de visitas, né?! hahahahahahha Mas a gente sabe que acontece da pessoa só ler e pronto… não necessariamente precisa comentar. Mas compartilho a raiva (TOTAL) de pessoas que não leem e só pedem para passar de volta… ÓDIO MORTAL!!! ahahahhahahahahha Também sinto uma certa dificuldade, como foi citado acima pela Gabryella, pois meu blog fala sobre tudo um pouco… tudo o que vem na minha cabeça e tenho vontade de escrever… minha vida nas entrelinhas, sem me expôr claramente… e hoje a maioria fala de moda, beleza, cabelos, unha… enfim… mas mesmo assim eu amo o meu cantinho, amo os meus visitantes e nunca vou parar de escrever mesmo que um dia eu tenha zero visitas… hahahahhahahha…
    Vou passar no blog das meninas.
    Parabéns pelo seu e pelo cuidado em responder a cada comentário! Tb faço isso… acho que é um carinho com quem está ali mostrando que leu o que você teve um enorme trabalho em escrever!
    Beijo grande…
    Obs. Desculpe o comentário gigantesco!

    Curtir

    • *–* Ooi Aline! Me desculpe por não ter respondido antes, mas tive problemas com a internet. Então , meus olhinhos brilharam demais com suas palavras, ainda mais por ver que você se identificou. Foi uma sensação ótima! Ah, e sobre os comentários e visitas, é verdade que ás vezes chateia, mas concordo muito qnd vc disse que não vai parar de escrever, até porque no fim de tudo é o que a gente quer fazer e faz com o maior cuidado. Obr pelo carinho todo! Beijão!😉

      Curtir

  4. Lindo blog, Mari! Vocês tocaram num assunto muito importante! Com toda a certeza, ser blogueiro não é qualquer tarefa, é necessário muito mais que amor, ou seja, ter compromisso e quase que uma enorme fidelidade para continuar com seu trabalho, driblando os preconceitos daqueles que só querem te fazer mal e nem sequer reconhecem o seu trabalho. Eu mesmo ainda tenho vários problemas com pessoas que pensam que blogar é coisa de menina, mas graças a Deus já encontro muitos blogs masculinos, coisa que me deixa muito contente. Além desses problemas “virtuais”, também temos que enfrentar os nossos problemas em casa, trabalho, escola, entre outros cantos. Mas nunca deixando o nosso blog de lado. Eu mesmo já sofri muito com choque de horários, que impossibilitaram o meu dia de post, mas nunca desisti de lá, pois sei que ali é o meu refúgio, onde exponho minhas ideias e compartilho o que amo.

    Bem, acho que falei demais, mas foi porque isso me inspirou bastante. kkk.😀 Beijos! e vou ter o maior prazer de visitar o blog de todas!

    Peall
    http://www.bigbrigadeiro.blogspot.com.br

    Curtir

    • Caramba, obrigada pela sua opinião,mesmo! Eu bem entendo quando você disse de choques de horários! É tanta coisa pra fazer, mas é nosso refúgio,né?! Bem, que você vença todos os desafios e sinta-se cada vez mais a vontade de escrever, esquecendo o que o povo pensa que só existe “blogueira”! Bjs, sucesso e obr pela visita!😉

      Curtir

  5. Pois é,ainda não sei o que vcs estão falando,o meu blog acabou de sair do forno,me sinto um patinho feio no meio dessa blogosfera onde percebo que as pessoas se interessam muito por maquiagem,cabelos e moda o meu não segue essa linha,ele fala das dificuldades do dia dia de uma mãe ,mulher ,esposa,decoradora de um apê, estudante para concurso e de uma pessoa desesperada montando uma monografia ou seja, uma louca,busco no blog um refúgio…percebi que lá construímos um mundo só nosso onde abro meu coração e compartilho sonhos….
    Meninas,essa conversa tá longa…hahaha..foi muito bom esse post me apresentou o blog de vcs…eles são lindos,não só pelo visual mas pq neles eu vejo uma semente que vocês estão plantando que irá dá muitos frutos.

    Boa Sorte a todas!!!

    http://gabryelaalmeida.blogspot.com.br/

    PS:IREI REPASSAR PARA TODAS OK?

    Curtir

    • Gaby, eu não estou a tanto tempo assim nesse mundo dos blogs, mas já posso dizer que não tenha receio em não falar de coisas como make, moda e maquiagem. O seu blog é seu refúgio e você tem todo o direito de escrever sobre seu dia a dia, esperanças e dúvidas, tá?! Desejo que também colha bons frutos do seu trabalho! Bjs!😉

      Curtir

  6. Confesso que já passei por todas as coisas citadas, e já me cansei de muitas criticas que já recebi. As pessoas acham que é só escrever algumas palavras e boa, ta pronto, mas não. Sem contar que temos que conciliar com vida pessoal e profissional, eu por exemplo to penando para cuidar do blog, loja, revista (sou colaboradora) e as fan page, fora os freela como ilustradora, e ainda faço faculdade. Quando criei o meu era algo que me distraia, aprendi muitas coisas com ele, e eu realmente amo ser blogueira, mesmo me matando de trabalhar com o blog sz
    http://www.meusdezoitoanos.com/

    Curtir

  7. Com certeza concordo com vocês! Ter um blog não é fácil, ainda mais quando vem gente com esses comentários dizendo: segue? sigo de volta! e só. Poxa, nós passamos horas preparando um post com todo o carinho do mundo, não é verdade Mari? Fico muito feliz em ver que vcs tem o mesmo pensamento que o meu. Ah, eu adorei o teu blog Mari, sucesso hoje e sempre.
    Me prolonguei demais hahahaha
    Bisous
    neeedfulglam.blogspot.com
    http://www.facebook.com/needfulglam

    Curtir

    • kkkk tem problema n Babi. Eu e vc bem sabemos o que é passar horas pesquisando sobre um assunto e só ter de volta um me segue de volta, então td desabafo é bem vindo… Ah, td o sucesso tbm p vc! Apoio total!😉

      Curtir

  8. Awn tô adorando o projeto e conhecer vocês, me identifiquei bastante com os depoimentos, é bem complicado isso das pessoas acharem que somos desocupadas ou que um blog não é nada demais. Mas a gente não pode desistir porque ser blogueira é pra quem pode, não pra quem quer kkk (;
    Beijos.
    http://www.agoraquecresci.com/

    Curtir

Hey! Qual a sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s