3

Afro in punk: trangressão, música e identidade.

De vez em quando nos surpreendemos. Por exemplo, eu nunca pensei que box braids (tranças rastafáris – saiba mais aqui) teriam alguma ligação com a música punk. Mas para quase tudo nessa vida se aplica a história “surgiu antes de você”. Foi então que descobri o movimento AFROPUNK. Este estilo alternativo explica o porquê daquele meu exemplo e de tantas outra ligações inimagináveis existirem. Além do mais, por ter sido uma das revelações de 2014, ele merece estar hoje por aqui. Assim vai dar para vocês entenderem como tanta coisa se completa na onda que promete bastante também em 2015.

AFROPUNK CAPA

Quando o jeito transgressor de ser recebeu uma boa carga de inspiração étnica com a chegada de negros ao cenário punk, surgiu o afropunk. Provavelmente nascido no Brooklyn, ano passado o tal estilo foi 1) referência nas coleções de grifes como Balmain e Kenzo 2) tema de um editorial cheio de penteados fantásticos na Vogue US e 3) comprovado pelas cantoras FKA Twigs e Azealia Banks que essa tribo está em alta e não veio pra brincadeira.

colagem afro punk origem maia vox

Mas é como eu contei, tem sempre uma explicação para os fatos que acontecem hoje e o afropunk não cresceu repentinamente. Desde 2002, por exemplo, acontece em NY o Afro Punk Music Festival, onde pessoas se reúnem pra ouvir o que há de novo na black music, como também esbanjar suas produções fashionistas e gente, nunca vi algo do tipo. Praticamente vomitei arco-íris!

flowRoot4007-1

Cada look naquele festival é um suspiro. E daqueles fortes pra ver se toda aquela exuberância se incorpora ao nosso ser. Seguindo a linha do “mais é mais”, é difícil não ficar de boca aberta com a extravagância tão bem entrelaçada entre correntes, creppers, listras pretas e brancas, maxióculos redondos, piercings… (respira)… moicanos, mechas coloridas, cocós, box braids, mais outros trocentos protective styles ( entenda o que são aqui) e, é claro, coturnos e estampas étnicas. E isso nem é tudo, pois como a Luiza Brasil escreveu em “AFROPUNK: CONHEÇA A TRIBO-HIT”, no blog Modices, essas só são as peças que mais se repetem nos looks.

flowRoot3060

Se ainda não convenci vocês, olhem só esse vídeo. É muita energia pra um festival só! 

E para entrarem no ritmo de uma vez por todas, fiz uma playlist com artistas que já tocaram no Afro Punk Festival e outros que são representantes da nova geração.

Além desse envolvimento todo com a música, para entender o afropunk recomendo a vocês a assistirem o filme de mesmo nome, lançado em 2003. Ele é focado no estilo de vida de quatro pessoas totalmente entregues a esse universo e nos dá uma visão de como evoluiu todo o movimento. Vejam-no abaixo ou no canal do youtube do festival.

Muita coisa pra ler, escutar e assistir, né verdade? Haha. Fiquei empolgada com todo esse movimento, porque me identifiquei com ele e não foi pouco. As minhas roupas já andavam por esse universo sem eu saber. Mesmo sem ter vivenciado algo como aquele festival, senti-me em casa ao ver o que é do preto sendo valorizado, assim como toda gente preta. É tão revigorante ver que se pode passar dos limites da sociedade sem esquecer de onde se vêm. Melhor ainda com boa música.

E ai, gostou? Se sim, curta a postagem e qualquer dúvida ou opinião deixe nos comentários! Super beijos e até mais! 😉

Acompanhe o blog também pelas redes sociais!

FACEBOOK • TWITTER YOUTUBE • PINTEREST • FASHIOLISTA

quem sou mari gomes autor

Anúncios
0

Looking for inspiration: all styles!

Hey pessoal! Finalzinho de semana por aqui e eu fiquei com uma vontade enorme de mostrar looks para vocês, até porque essa categoria estava um pouquinho parada. Sobre o título, all styles, eu tentei trazer diferentes visuais para quem curte coisas diferentes, mas ainda sim ama o mundo fashion. Bem, então é melhor começar a ver o que eu achei lá no Chictopia, que particularmente eu gosto mais do que o Lookbook (sim, mundo!). Vamos lá!? 😉

Indie: Blusa de franjas + Colete jeans + Chapéu + Rasteirinha!

            black suede fringed Forever 21 top - light blue denim LL Bean dress

Essas franjas, esse colete e essa saia! *–* É o estilo que tem mais a ver comigo, porque você mistura tanta coisa dos outros hahaha! É uma maneira de levar um pouquinho de cada um e montar looks independentes, como sugere o nome. 😉

Grunge: Ripped shorts + Camisa xadrez + Camisa estampada!

                                         white H&M blouse - black Ebay boots - maroon H&M shirt - sky blue Bik Bok shorts

Ao ler esse nome, vem logo a minha cabeça a palvra NIRVANA, a banda dos anos 90 que popularizou esse estilo, que tem como uma de suas peças mais simbólicas a camisa xadrez. Daí, estava eu dando uma olhada no Chictopia e reparo que no meio do look tem uma blusa com estampa étnica! Eu ainda preciso explicar que eu sou apaixonada por esse grafismo? Mas então, prosseguindo, como não falar dessa maquiagem com lábios tão vermelhos, se foi um dos pontos fortes de toda a produção?

Glam: Legging metalizada + Tricô + Oxford!

            heather gray white crow sweater - silver holographic Thrifted & Modern leggings

Shine bright like a diamond, baby! E não importa hora! Apostar nas leggings metalizadas pode ser uma boa opção e investir num tricô também, já que é uma das peças mais coringas na meia-estação. E ah, notaram um oxford aparecendo ali? Quem pensou que não valia a pena ter um exemplar desses, deve ter percebido que há mais ou menos 3 anos que eles voltaram a rodar por aí! Fica a dica!

Girlie: Saia de babados floral + Camisa listrada!

                                         loehmanns shirt - orange DSW flats

E esse último look foi especialmente para a primavera que estreia amanhã! O floral de fundo preto e a camisa listrada mostra um ar meiga e fashion ao mesmo tempo!

Espero que tenham gostado! Qual é o estilo que mais faz a sua cara? Beijocas e até mais! Vejo vocês no facebook (/maiavoxwp)! 😉

1

DIY shorts com estampa étnica!

shorts estampa étnica

Eu estava procurando um vídeo que ensinasse a customizar um de meus shorts com estampa étnica. Foi aí que encontrei um tutorial no youtube perfeito!

A técnica foi apresentada pela Allison McNamara no canal FabSugarTv  e é tão versátil e simples que você pode fazê-la com qualquer estampa e fica fácil de estar nas últimas tendências ou criar uma coisa bem original.

Alisson McNamara

Para fazer a arte acontecer precisa-se apenas de uma tesoura, um pedaço de tecido com estampa étnica e bastões e pistola de cola quente. São poucos materiais que resultam numa comprinha nada cara.

Enfim, para aprender essa forma de customização, deem “play” no vídeo abaixo:

O que acharam? Comentem aqui, pelo Facebook ou Twitter! Espero que tenha servido como forma de inspiração. Até mais! 😉

0

Verão 2013: Shorts!

E continuando com posts sobre moda no verão 2013, hoje vim falar de uma das peças que não pode faltar nos guarda-roupas nessa época do ano:os shorts! De todos os tipos, cores, formas…

verao shorts 5

Os shorts estampados são bem-vindos, principalmente com estampas florais, que nesta temporada estão mais amplas, além das étnicas, que vem mais coloridas e com menos tons terrosos. Ah, e não esqueça das estampas geométricas!

verao shorts 4verao shorts 3Em se tratando de cor, tingir o short em dip dye está no auge, o que deixa as peças alegres, além de muito estilosas.

customizado18

E como não podia deixar de ser, os shorts bilhantes estão na área. Fica a dica pra usar no Ano Novo! 😉

producible_7eb479ca-a9d3-4aa4-817d-4cbea8e332cbEspero que tenham curtido as ideias e até mais! 😉