1

Junho, um mês de representatividade?

Não sei o que acontece, mas junho tem se mostrado um mês para mudanças. Digo isso lembrando das ruas brasileiras lotadas em 2013. Coincidência ou não, nesse ano o mês trouxe algumas novidades bastante interessantes: tivemos direito a Rihanna estrelando campanha na Dior, aniversário da revista Elle BR com a campanha #vocênacapa, Beyoncé virando estudo em faculdade e barreiras de gênero atravessadas no desfile da Prada para o verão 2016. Caso você não estivesse na Terra por esses dias, chegou a hora de saber um pouco mais sobre esses eventos e o que eles tem em comum num mundo onde falta representatividade.

BLACK GIRL POWER
00-Upload-GIF1

Se existem duas cantoras que têm servido de empoderamento para as mulheres essas são Rihanna e Beyoncé. Esta tornou-se tema de estudo na Universidade de Waterloo, Canadá. Os alunos estudarão como o trabalho da Queen B vem se transformando num fenômeno social, tanto na visão feminista quanto na racial. Já aquela estrelou uma campanha na Dior e tornou-se a primeira embaixadora negra em quase 70 anos de história da grife. Numa entrevista à MTV, Riri contou como se sentiu lisonjeada, pois segundo ela, a marca francesa é sinônimo de beleza, elegância e atemporalidade.

Niki-Takesh-my-flash-trash-interview-jewellery-music-rihanna-money-gif

UM NOVO OLHAR NA MODA

Uma das razões que me motivaram a escrever esse post foi a publicação da edição de aniversário de 27 anos da Elle Brasil no mês passado. Gosto muito de pesquisar como anda a representatividade por aí, mas tenho certo receio em comentar aqui. Porém, quando eu olhei a capa espelhada da revista tive certeza que mudanças estão ocorrendo e que o debate deve ocorrer.

SAM_1900.1

Foto: Mari Gomes

Para minha surpresa, a essência da hashtag #vocênacapa, criada pela magazine para apostar na diversidade, não só apareceu em maio, como também permaneceu agora em junho. Dessa vez vieram três capas com belezas diferentes juntinhas. Essa parece ser felizmente a tendência para os próximos editoriais e matérias.

capas elle 2015 junho blog maia vox representatividade

Foto: Mari Gomes

Outra ação que chegou para abalar os conceitos no mundo da moda foi o último desfile da Prada, em Milão. Na ideia de transpor os limites de gênero e mostrar como eles se relacionam, a empresa de alta costura colocou na passarela do desfile masculino algumas mulheres. Assim, de certa forma, portas para nos perguntarmos até que ponto é válida essa distinção foram aberta.

Campanha Prada Pre-Fall 2015 (Foto: Divulgação)

Foto: Reprodução

Adendo: Enquanto terminava esse post os Estados Unidos aprovaram o casamento homossexual por todo o território. Prova de que o respeito precisa e pode prevalecer.

Potus

Pouco a pouco os mercados estão acordando e enxergando que diversidade é lucrativo. Apesar dos tantos discursos fechados e preconceituosos que vemos por aí, esses eventos nos mostram que aqueles que gritam por representatividade começaram a serem ouvidos. Mas ei, cuidado! Junho pode ter sido surpreendente, porém há muito ainda a se fazer.

Espero que tenham gostado. E qual a sua opinião sobre tudo isso? O que ainda pode ser feito? Respondam nos comentários! Até mais! 😉

Acompanhe o blog também pelas redes sociais!

FACEBOOK • TWITTER YOUTUBE • PINTEREST • FASHIOLISTA

quem sou mari gomes autor

Anúncios
6

Novo layout!

Oi gente, como estão? Viram que o blog mudou de layout? Olhem só como era antes:

layout 2013 maia vox

O cabeçalho estava decorado com alguns fogos de artifício em homenagem ao ano novo.

 

Agora tudo está mais clean e o blog finalmente tem a sua cara própria com a logo do balão de fala!

Sem título

 

Novo ano, novo layout. O que acharam da nova cara do blog??? Fiquem de olho e não percam nenhuma novidade que irá parecer aqui, principalmente as mudanças desse ano (preveja as que virão aqui) ! Até mais!  😉

Fiquem ligadinhos nas redes sociais do blog!

FACEBOOK • TWITTER • PINTEREST • FASHIOLISTA

3

Bem-vindo em 2014!

Hey pessoal! Esse é o primeiro post do ano! Espero que a passagem para 2014 tenha sido boa para todos vocês!

Pois bem, hoje eu vim aqui comunicar algumas coisas que virão a acontecer aqui no blog durante esse ano.

mudanças em 2014 maia vox blog

Ainda nesse mês pretendo mostrar a vocês algumas mudanças no design do layout. Além disso, vou me organizar para postar todas as semanas mesmo, mas os dias só vou confirmar com vocês quando meus horários do ano já estiverem definidos, principalmente por conta da volta ás aulas, mas até lá não se preocupem porque muita coisa vai acontecer.

Outra grande mudança é a troca de colaboradora. Na verdade a Carol D. que estava como colaboradora acabou não ajudando em nada por aqui por ene motivos e então resolvi que era melhor para o blog, e talvez para ela também, que deixasse de ser colaboradora aqui, mas nada que não possa ser resolvido com a ajuda dos meus amigos e por conta de alguns deles é bem provável que logo mais alguém esteja blogando ao meu lado.

 E ah, estou terminando de planejar os últimos detalhes para finalmente dar um domínio próprio para o blog. E quando tudo isso tiver terminado gostaria de fazer um sorteio comemorando as transformações e principalmente os dois anos de blog ao lado de vocês!

Então, não deixem de conferir as novidades que os aguardam por aqui e bom começo de ano! Logo mais volto com um post novo em folha! 😉

Fiquem ligadinhos nas redes sociais do blog!

FACEBOOK • TWITTER • PINTEREST • FASHIOLISTA

0

Está na hora de parar de fingir o que nós já somos!

É comecinho de mês, mas o outro mês ainda está aqui, pelo menos em parte e comigo. Não sou de postar textos como o de hoje, mas eu senti aquela necessidade de compartilhar o que aprendi com vocês e então D. Coragem me impulsionou a escrever. Espero que gostem, porque fui muito verdadeira nas palavras! 😉

O que eu aprendi nesse último mês? Aprendi o quão importante é sentir-me bem comigo mesma e que para isso acontecer eu apenas tenho que aproveitar a hora.

Quando pequena, me disseram que sábio é aquele que aprende com o erro dos outros. Por conta disso, todos esses anos venho me privando de certos momentos com a sensação de que se errar vou desapontar alguém ou cometerei um erro sem tamanho, sabe? Como se as fadas morressem ao eu dizer que elas não passam de crença. É verdade que em algumas situações só de ver o ato do outro já é válida a lição, mas em outras muitas vezes a experiência do incerto apresenta tanta coisa que não dá para perceber somente assistindo às atitudes do vizinho.

Depois de eu realmente captar a essência desse pensamento notei que colocá-lo em prática pode começar com a escolha de um sabor de sorvete diferente, vestindo uma roupa inédita para mim, escutando e dançando músicas que eu desconhecia ou julgava brega, enfim. Indo em direção ao clichê – até por repetir esse preparativo para não ser démodé – detalhes tão pequenos ao exemplo dos que citei são o que no fim fazem a diferença, principalmente para nos aceitar do jeitinho que somos.

Está na hora de parar de fingir o que você já é, o que nós já somos – já canta Marcelo Camelo. Olhe ao seu redor, respire fundo e tenha a coragem de dar um passo para uma nova direção e caso veja que a trilha escolhida não parece a melhor ou surja uma pedra bem no meio do caminho, buscar outra rota com certeza não será “o” problema.

E foi isso que o mês de julho trouxe para mim.

É isso por enquanto, galera! O que acharam desse meu texto??? :3 Até mais!