2

Playlist da vez: Beyoncé, Mapei, Jungle, Tiago Iorc, Magic, Taylor Swift!

Olá gente! Bora animar o fim de semana? Hoje é dia de playlist com umas canções bem divertidas para descansar! Olhá só! ;) 

playlistdavez.jpg

Flawless – Beyoncé ft. Chimamanda Adichie: Ladies, tell them how did you wake up? FLAWLESS! Talvez o maior hit do último álbum da Beyoncé e que surpreendeu tanto pela fala do discurso mais conhecido da Chimamanda Adichie sobre o feminismo (veja todo aqui), quanto pela surpresa no final da perfomance do VMA desse ano.

Don’t Wait – Mapei: Pra quem não conhece a Mapei ela é uma cantora sueca-americana com uma pegada que mistura indie e hip-hop. Até o começo desse mês eu não sabia da existência dessa moça, mas depois que ouvi a música que mostro hoje para vocês não consigo parar de cantar. Já estou ansiosa pelos próximos trabalhos dela!

Música Inédita – Tiago Iorc com Maria Gadú: Olha o Tite mais uma vez aqui! :3 Sabe o porquê? Tá chegando o dia de ele vir aqui na minha cidade pela primeira vez e hoje, 28/09, é o primeiro show da segunda etapa da turnê Zeski aqui no Nordeste. Além do mais, a parceria da Maria Gadú deixa essa canção impossível de não ser escutada por todos.

Let Your Hair Down – Magic: Vocês já devem ter escutado “Rude” dessa banda (confira aqui), que vem fazendo bastante sucesso, mas tenho que dizer: foi essa música que realmente me fez gostar deles. *–*

Busy Earnin’ – Jungle: Sabe aquela música que você vê na tv e sai correndo pra anotar o nome? Foi assim que conheci a Jungle, uma banda lá de Londres, com o primeiro single lançado no fim de 2013, o The Heat, e que até já tocou no Glastonbury Festival, em Julho desse ano.

Shake it off – Taylor Swift: Ok, eu não sou a pessoa que mais gosta de ouvir a Taylor, mas essa música é tão animada que precisava aparecer aqui e fazer vocês balançarem nesse domingo.

E aí, gostou da playlist de hoje? Vem ouvindo o que ultimamente?  É só contar aí nos comentários! Até mais! ;)

Acompanhe o blog também pelas redes sociais!

FACEBOOK • TWITTER YOUTUBE • PINTEREST • FASHIOLISTA

0

“Sexo e as Nêga” não nos representa – porque não é disso que precisamos!

nmrp

Ooi pessoal! Hoje eu venho aqui não para fazer um post descontraído como os em geral. Venho conversar com vocês sobre um assunto mais sério, pois assim como vejo o blog para nos distrairmos de alguns problemas do dia a dia, o enxergo também como um espaço que cabem debates como o que teremos a seguir.

Penso que boa parte de vocês já devem estar informados da nova série da tv Globo: Sexo e as Nêga. Assinada pelo Miguel Falabela, homem branco cisgênero (lê-se privilegiado na sociedade), ela é mais um desfavor dessa rede televisa para o nosso país. Mais um desfavor para a população negra, sobretudo às mulheres.

Primeiro porque apesar de vivermos num país tão miscigenado e que por isso deveria respeitar todas as culturas e etnias presentes em seu território, não vivemos numa democracia racial. Isso está mais para uma fantasia que tentam empurrar goela a baixo e que cai por terra facilmente. É só se perguntar por que os brasileiros mais pobres são negros, porque indígenas ainda lutam para conservação de suas tribos contra empreendimentos, porque homens brancos ganham muito mais que os negros, porque na televisão e em toda publicidade vemos quase que exclusivamente pessoas com traços caucasianos, sendo que não é esse o predominante no Brasil.

Segundo porque quando falamos das mulheres negras, elas parecem ter nascido numa intersecção azarada, afinal todas são feias, não passam de objeto de satisfação sexual, estão aqui pra toda vez limpar a sujeira, barraqueiras por essência, incultas e nunca passíveis de aprendizagem. Pelo menos é que se prega por todo canto e a TV Globo tem bastante participação nisso, já que foi por décadas e ainda é o cuspidor de informações que mais alcança os brasileiros. Não pensem que outras emissoras não perpetuam o racismo e outras formas de preconceito na nossa sociedade, mas destaquei aquela pela última façanha racista e machista que estreou na sua programação: a tal minissérie “Sexo e As Nêga”.

Enquanto escrevia esse texto vi a notícia de que um dos culpados das mulheres estupradas e assassinadas em Queimadas, Pernambuco, foi julgado e recebeu mais de 100 anos de prisão. Foi realmente bom ver que as vítimas de um caso como esse não foram tomadas como culpadas, pelo menos pela Justiça Federal. Mas na mesma hora percebi que todas aquelas mulheres eram brancas e me veio à cabeça que a Cláudia, mulher negra arrastada por ruas presa a um carro da polícia, não teve seus agressores presos. E tantas outras Cláudias entram nessa estatística e não tem seus agressores punidos depois dos casos de violência, seja arrastada por uma viatura, estuprada, assassinada ou até mesmo porque não recebeu a atenção médica devida em sua gravidez.

É por conta dessa e outras situações que hoje eu trago algumas ideias que mostram o porquê de “Sexo e as Nêga” não deve ser a representação das mulheres negras na TV. Como muitas blogueiras negras e feministas já escreveram sobre isso e eu concordo com suas colocações, preferi não prolongar muito por aqui para não repetir tudo o que já foi falado. Por isso, sinto obrigação de disseminar as ideias por aqui, até porque, como se não bastassem as imagens de “globeleza” e “mulata tipo exportação” no carnaval, nós mulheres negras não vamos aguentar mais uma vez ver nossos corpos sendo hiperssexualizados em rede nacional!

10649951_10202738920337372_8799521908878973157_n

Texto 1 : Sobre falas – belas de Lucinda, sexo, as negas, corações e suburbanos. Por Gabriela Ramos. 

falas belas sexo as negas coraçoes suburbanos

Texto 2 : Ah! Branco, dá um tempo! Carta aberta ao senhor Miguel Falabella. Por Blogueiras Negras.

carta a falabella print

carta a falabella print carta a falabella 2

carta a falabella 3

Texto 3:  Ô Ô Ô Ô Ô my brother – não é meu aliado quem me marca a ferro. Por Maria Rita.

não é meu aliado

Texto 4: “Eu, Globeleza aos 5 anos (e porque “Sexo e as Negas” não me representa).” Por Stephanie Paes.

globeleza 5 anos

SEXO E AS NÊGA NÃO NOS REPRESENTA!

Imagens reproduzidas daqui, daqui, daqui, daqui, daqui e daqui.

Imagens reproduzidas daqui, daqui, daqui, daqui, daqui e daqui.

2

Um fim de semana especial!

E aí, galera! A semana tá correndo bem? ;)

Havia já bastante tempo desde a vez que aproveitei tanto um fim de semana como o último que passou. Ainda que eu tivesse milhares de coisas a fazer, resolvi ser feliz um pouco. Sabe, tenho a mania de me encher de tarefas, compromissos e projetos, nunca sobrando tempo para descansar de verdade. É claro que um esforcinho ali e outro acolá às vezes são necessários, até porque no fim tudo compensa, mas transformar isso em rotina… Chega uma hora que cansa e aí não tem bronca, trabalho ou correria que te faça desistir de se divertir.

E para lembrar a vocês, que se por acaso estão ou já passaram por isso, existe um mundo lá fora que só quer te fazer sorrir. Ok?!

Grandes encontros no dia da sessão de autógrafos da Bruna Vieira aqui em Aracaju.

Grandes encontros no dia da sessão de autógrafos da Bruna Vieira aqui em Aracaju.

GEDSC DIGITAL CAMERA

Look da sexta (sessão de autógrafos #DVAS)

Look da sexta (sessão de autógrafos #DVAS)

Convite super criativo que recebi l´ano Coquetel de Verão da loja D'Markas. *--*

Convite super criativo que recebi lá no Coquetel de Verão da loja D’Markas. *–*

Turma de blogueiros junto com o dono da loja D'Markas no coquetel. Tem coisa boa vindo, gente! ;)

Turma de blogueiros junto com o dono da loja D’Markas no coquetel. Tem coisa boa vindo, gente! ;)

Look do sábado.

Look do sábado.

Minha amiga Luara sendo espontânea kkk.

Minha amiga Luara sendo espontânea kkk.

Ela adora animais.

Ela adora animais.

meu fim de semana 2 meu fim de semana 1

Por hoje é isso! Um recado rapidinho só para dar um oi a vocês. Até mais! ;)

Acompanhe o blog também pelas redes sociais!

FACEBOOK • TWITTER YOUTUBE • PINTEREST • FASHIOLISTA

0

Lançamento do livro “De Volta aos Sonhos” da Bruna Vieira em Aracaju!

blog maia vox bruna vieira foto 1

Oooi gente! Tudo bem com vocês? Me desculpem não ter postado na semana passada, mas eu estava em época de provas e foi uma correria total. Porém hoje eu trago aqui um post muito feliz de ter feito: o lançamento do livro “De Volta aos Sonho da blogueira do Depois dos Quinze, Bruna Vieira! Ela esteve aqui em Aracaju no dia 19 (sexta-feira) para a alegria dos fãs sergipanos e agora vou contar um pouco do que aconteceu por lá.

Look do dia. Foto por: Carolina Morais.

Look do dia. Foto por: Carolina Morais.

Primeiro de tudo, na semana da vinda da mineirinha para cá, já havia muita gente enlouquecendo para poder garantir o ticket que daria a entrada na livraria Escariz para a sessão de autógrafos. O combinado era que a partir das 10h do dia 19 as pulseirinhas começariam a ser entregues. No entanto, seis horas da manhã já tinha gente no shopping! Os cinquenta primeiros além do lugar marcado, levaram um brinde para casa. As outras 250 pessoas teriam que chegar e guardar seus lugares para verem a blogueira.

grandes encontros

Bons encontros. De cima para baixo, da direita para a esquerda: Carolina Morais, Maju, Bia Carolina (StrelaTeen), Sthephany Vieira (DelineandoEstilo), Taciane Lima (ThisIsMeTrendy), Eu, Evelyn Alves, Rafaela Souza.

Enquanto isso, a Bruna chegava na cidade e foi super recepcionada por fãs no aeroporto, pela primeira vez em todas as divulgações dos livros Brasil à fora.  Mais tarde visitou a orla de Atalaia e tirou uma foto com uma escultura de caranguejo gigante. Ela disse que não esperava tanto amor da nossa cidade, mas se bem que foi a que mais votou para ter um lançamento desse último livro! E olha que falamos de um lugar um tanto quanto pequeno.

Lá pela tarde, a fila na frente da livraria começou a ser lotada. Eu cheguei às 14h30 e ainda consegui um bom lugar. Vi algumas blogueiras daqui, contei com a companhia de alguns amigos e conversei com fãs super ansiosas na fila. Por conta disso fiz até um vídeo breve para vocês terem uma ideia melhor do que foi aquele dia. Olha só!

Inscrevam-se no canal para acompanhar novos vídeos! ;)
Aqui (yt.com/BlogMaiaVox).

E depois de quase 5 horas na fila(!) chegou a minha vez de falar com a Bruna. Sabe, com o eu disse no vídeo ela é uma blogueira que admiro muito. Primeiro por todo esforço que ela fez/faz para crescer com o blog. Segundo por cativar e fazer tantas pessoas se identificarem com seus textos. Terceiro por ter tido a coragem de sair de uma cidadezinha do interior de Minas Gerais, Leopoldina, para morar sozinha com 17 anos em São Paulo. Tudo por um sonho. Por essas e outras que ela inspira tanta gente e foi isso que pude dizê-la.

Como o tempo era curto, acabei dando uma carta com toda essa explicação para a Bruna. Além disso, um coelhinho de pelúcia para doação (que era da minha amiga Caroline).

lançamento dvas aracaju blog maia vox 2

Então é isso pessoal! Fiquem antenados que os próximos posts estão cheio de novidades, ok? Vejo vocês depois. Até mais! ;)

Acompanhe o blog também pelas redes sociais!

FACEBOOK • TWITTER YOUTUBE • PINTEREST • FASHIOLISTA

6

De frente com a Mari: a coragem de Braian Thomas.

Oii galera! Como anda a vida?

Resolvi começar uma nova série de posts. Pretendo daqui pra frente entrevistar gente com ideias legais, que fazem algo de muito bom… Ou seja, pessoas com algo a dizer para o mundo. Para começar, hoje é a vez do Braian Thomas, que após um grave acidente de trânsito aos 16 anos, ao lado da amiga Marina, e de ter recebidos más notícias dos médicos, resolveu transformar essa experiência, que podia ter tirado o seu ânimo pelo resto da vida, num livro para dizer que ela continua, mesmo depois de problemas como esse.

Agora “Manchado”, título da história do Braian, está em campanha para que possa ser lançada. Através de doações, possíveis de serem feitas num site justamente criado para que projetos tornem-se realidade com a ajuda de várias pessoas, o Kickante (página do Braian), o autor espera arrecadar dinheiro para a primeira leva de livros. Dá só uma olhadinha no vídeo abaixo para entender melhor e conhecer mais a fundo sobre a obra:

Vamos lá à entrevista!

Braian, qual foi a nova visão de mundo que a experiência do acidente trouxe a você?

Não apenas o acidente, mas a experiência por completo me trouxe a chance de ver realmente tudo aquilo que eu tinha em minha frente. Nos acostumamos a não notar, mas basta olhar em volta pra perceber o quão incrível é o mundo que te rodeia, desde o magnífico céu azul da manhã, ou a liberdade de poder se mover livremente, pular, andar, deitar. Essa experiência me fez perceber o valor de todas as pequenas coisas que passam por nós todos os dias e não damos o mínimo valor, porque talvez estejamos cansados demais, ou com problemas demais.

Quanto tempo demorou pra ter a ideia de transformar a dificuldade em literatura?

Sabe que no inicio, nada disso tinha sido planejado. Eu apenas escrevia o que sentia para tentar de alguma forma esvaziar minha mente. Depois de um tempo resolvi que iria escrever um livro, mas em seguida desisti “quem iria ler um livro sobre um zé ninguém?”. Meses depois de acumular notas no meu celular, percebi que não poderia simplesmente jogar aquele material fora e resolvi fazer algo útil com aquilo. Retomei a ideia do livro, e então realmente comecei a trabalhar no projeto.

Então, qual a reação que a Marina, sua amiga que estava no acidente, teve ao saber que você finalmente decidiu transformar a história de vocês em um livro?

Ela adorou! Eu a mostrava os rascunhos e pedia permissão todas as vezes em que iria citá-la no livro. Ela também me ajudou bastante a confirmar informações e a preencher os espaços das partes em que eu estava inconsciente.

book (1)

Como foi a participação dos seus familiares e amigos em todo o processo da criação do livro?

Ela não existiu (risos). Na verdade foi uma surpresa para todos. Eu escrevi tudo sem contar a ninguém, nem mesmo a minha mãe. Grande parte desse sigilo foi devido a minha timidez. Faltando pouco para terminar de escrever eu anunciei aos meus pais e alguns poucos amigos.

Como enxerga a escrita e a arte em geral na sua vida?

Olhando minha curta vida como um todo, eu fui quase um prodígio artístico. Quando pequeno pintei quadros, em seguida fiz historias em quadrinhos, migrei para a internet comandando um blog, também passei a desenhar no computador, o que me trouxe a pretensão de cursar design gráfico, e agora olha só onde estou, escrevi um livro! A arte sempre esteve presente demais na minha vida, e tenho grandes sonhos a respeito dela. Quanto a escrita, não pretendo seguir uma carreira como escritor, mas com certeza pretendo mantê-la como um hobby, e quem sabe escrever outros livros.

Se tudo der certo com a campanha, espera lançar “Manchado” em quanto tempo?

Eu pretendo lançá-lo ante do fim de novembro. Mas esta é apenas uma previsão, ainda não tenho datas. O livro ainda está sendo produzido e revisado pela editora, e esperamos que não haja contratempos.

Para conhecer mais ainda o Brain, leia só a rapidinha:

  • Alguém que lhe inspire e o porquê: “Eu costumo muito pegar pontos positivos em cada um, unir todos, e transformar isso em minha meta de crescimento.”
  • Uma música: Lucky one, do Simple plan.
  • Série ou filme: À procura da felicidade, dirigido por Gabriele Muccino.
  • Um livro que te marcou: O jardim secreto, de Frances Hodgson Burnett.
  • Um sentimento: Esperança.
  • O Braian em uma só palavra: “Sonhador.”

Gostaram de conhecer a história do Braian? Para que ela seja realmente impressa e alcance mais pessoas, é preciso que você se disponha a ajudar doando o que pode, podendo garantir o seu exemplar, e/ou compartilhando o projeto. Faltam 84 dias e a meta é de 4.000 reais. Então, vamos dar nosso apoio para que ela se concretize, ok?

*Doações aqui.

Espero que tenham curtido o começo das entrevistas e logo verão outras. Ah, o próximo post do blog será sobre os dois meses de big chop (mas o que é isso? aqui) e dicas para o cronograma capilar para as cacheadas. Beijos e até mais! ;)

Acompanhe o blog também pelas redes sociais!

FACEBOOK • TWITTER YOUTUBE • PINTEREST • FASHIOLISTA

2

DIY – BLUSA DE MARGARIDAS!

Olá pessoas! Gostaram do último post sobre a nova coleção da Toli? Espero que sim! ;)

Há algum tempo sem mostrar DIY’s aqui, finalmente trouxe hoje a customização com daisy print (estampa de margarida).

Uma das flores mais bem conhecidas no mundo agora está se tornando hit fashion e vem na mesma perspectiva das dark floral, estampa floral com fundo escuro. Além disso, podem ser bem utilizadas tanto em looks grunge, quanto nos mais girlies.

Bv90s5eIEAIfQCl

E por ter caído de amores nessa estampa, resolvi testar meus dons artísticos e mostrar para vocês. Ps.: não sou muito boa de pintura, mas fiz o que pude. ;) Vamos lá! 

materiais diy margarida maia vox blog

Você precisará de:

  • Camisa preta
  • Tintas para tecido amarela e branca
  • Pincéis
  • Copinho com água
  • Lápis claro ou giz
  • Papelão ou várias folhas de papel para colocar dentro da blusa.
  • Opcional (para criação de molde):
    • Imagem de uma margarida. Aqui.
    • Tesoura
    • Papelão/cartolina

Passo a passo:

step to step diy daisy print blog maia vox 1

1°: Coloque o papelão dentro da blusa para evitar que, ao pintar, a tinta passe para a parte de trás. Em seguida, com o lápis claro ou giz  faça círculos para indicar o miolo da flor e para melhor precisão, use a régua para delimitar o espaço entre elas. Você também pode optar por fazer de forma aleatória ou apenas um grande círculo.

2°: Molhe o pincel na tinta branca e desenhe as pétalas. Caso tenha preferido usar o molde, corte as bordas e desenhe antes as pétalas com o giz.

3°:Depois da primeira mão de tinta, retoque o que achar necessário para um melhor acabamento.

  • Dicas:
    • Prefira pincéis com borda arredondada para pintar as pétalas.
    • Pinte de branco dentro dos miolos para que a tinta amarela que vem a seguir possa se destacar.
    • Não precisa deixar as flores muito iguais, mas saiba que isso dará um resultado mais despojado.

4°: Depois de a tinta branca secar, aplique uma gota de tinta amarela no miolo da flor e espalhe em movimentos circulares com o pincel.

  • Mais dicas:
    • ao invés de pincéis você também pode usar uma esponja. Nesse caso é recomendado um molde, mas corte a parte de dentro da flor ao contrário da borda. O resultado será mais esfumado.
    • Apenas depois de 72hrs da última mão de tinta é que você poderá lavar a blusa. Dê preferência que a primeira lavagem seja à mão.

 Olhem só o resultado! 

look-daisy-print-blog-maia-vox.png

Eu escolhi desenhar as flores no olhômetro mesmo e colocá-las em duas linhas diferentes. Sabe o “bem me quer, mal me quer”? É outra forma muito legal também, fazendo uma gradação que diminui a quantidade de pétalas. Enfim, use a criatividade! Adorei que elas mudaram totalmente a cara do look. 

E aí, o que acham dessa estampa? Vão tentar fazer? Então usem a hashtag #maiavoxdiy no Instagram ou Facebook para que eu possa conferir e mostrar depois aqui – se vocês liberarem é claro. Até mais! ;)

Acompanhe o blog também pelas redes sociais!

FACEBOOK • TWITTER YOUTUBE • PINTEREST • FASHIOLISTA

5

Lançamento da nova coleção de verão da Toli!

Olá gente! Tudo bem com vocês?

Na quinta-feira, 28, compareci ao lançamento da nova coleção da loja Toli aqui da minha cidade, Aracaju. Comentei lá no twitter (siga aqui @maiavoxblog) a minha felicidade em receber o convite, afinal o evento foi o primeiro do tipo que fui. Confesso que gostei da experiência.

Mas então como está a coleção? Bastante colorida e confortável posso dizer. Vai de cores vibrantes como laranja rosa, passando pelas mais elegantes como azul e verde, sem esquecer da elegância do P&B. Das saias longas aos shorts de tecido estampados, com direito a tricôs e cintos marcados pelos tons terrosos. Tudo isso ao lado das mais diversas estampas, como por exemplo as geométricas e as florais.

cores rosa e verde toli verão 14 15

Alguns colares da coleção.

Alguns colares da coleção.

laranja e amarelo toli verão 14 15

Adoro os tons terrosos!

Adoro os tons terrosos!

arara branca e preta toli verão 14 15

Algumas combinações e peças que gostei.

Algumas combinações e peças que gostei. O primeiro então, é trend alert: margaridas.

pessoal toli

Amando essa saia demais!

Amando essa saia demais!

vestido floral toli verão 14 15

Por fim, o look que escolhi no dia, na intenção de ser confortável e simples, mas sem deixar de expressar alguma personalidade. Por isso escolhi uma saia plissada, junto a uma mochila com estampa étnica e tênis no final.  ;)

meu look 2

meu look

E aí, o que acharam? Espero que tenham gostado. Amanhã tem mais post, ok? E será de DIY! Então, não percam! Até mais! ;)

Acompanhe o blog também pelas redes sociais!

FACEBOOK • TWITTER YOUTUBE • PINTEREST • FASHIOLISTA