12

Mais mudanças no cabelo: Box braids!

A cada segundo que se passa já não somos os mesmo de antes. De tempos em tempos, é fácil perceber isso. Por exemplo, trocamos o velho e bom sorvete de chocolate pelo exótico cupuaçu. Ou deixamos de andar na mesma calçada e passamos para a outra. E assim, de mudança em mudança, a gente descobre mais do mundo e de nós mesmos.

Mudanças durante 2014.

Mudanças durante 2014.

Para quem acompanhou o blog no ano passado, viu que a minha maior transformação se mostrou pelos cabelos. O antigo alisado deu lugar ao crespíssimo. Deu o que falar, tanto que muitos foram muitos os posts – e ainda devo alguns a vocês.

Confira alguns dos posts:
  Transição capilar: como começou?
  Transição capilar: As blogueiras que m e influenciaram!
  Transição capilar: 6 meses e identidade que se revela!
  Transição capilar: As frases mais absurdas que ouvimos nesse período!

Entretanto, senti nos últimos dois meses urgência em provar coisas novas. E o alvo da vez não podia foi diferente do último.

Trancei. Virei Rapunzel. Com direito a mechas douradas, no melhor estilo Queen B e Rihanna. #ShineBrightLikeADiamond.

Um dos motivos é que eu sonho com esse penteado desde criança. Outro foi a curiosidade. Queria saber como era ter os cabelos longos, pelas costas. Daí, semana vai, semana vem, salvei vááárias fotos e no começo de janeiro tudo aconteceu.

box braids post

Para quem ainda não sabe, as tranças que escolhi são as Box Braids, em que divide-se o cabelo em quadradinhos, onde cada mecha parece uma caixinha. Antes de fazer a arte, pesquisei um pouco sobre e descobri outros tipos de penteados. Tem o Marley twist, os bantu knots ( ou coquinhos), waves, twist out e mais alguns trançados. Sabe o que eles tem em comum? São todos protective styles. Calma, não precisa se aperriar que eu já explico esse nome.

IMG_20150124_111720

Meu visual atual.

O negócio é o seguinte: protective styles são penteados que procuram preservar os nossos cabelos. Eles podem durar dias, semanas ou até meses e assim evitam o puxar, o penter e o escovar dos cabelos, que muito danificam os fios. Depois de eu saber disso, corri para achar alguém que trançasse direitinho e mudasse o meu visual. Escolhi então um dia e passei todo ele com a bunda colada na cadeira, mas ao final eu era a mais nova Rapunzel da área kkk.

Se eu estranhei? Sim, com certeza, não duvide. Principalmente quando voltei pra casa. Mas foi bom. A ideia de conhecer novas coisas foi bem sucedida. Agora é só a alegria. Acordar mais cedo pra pentear a cabeleira? Nem rola. Já acordo pronta! Gente, é pronta, sem corrida contra o relógio! M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O. Posso dizer que diminuiu em 95% os bad hair days.

E sobre o que as pessoas acharam? Bem, umas gostaram, já outras perguntaram se era revolta. Enfim, só sei que vou feliz da vida da padaria até a festa chique, ostentando minhas tranças de ouro (ou quase disso hahaha :3). E ah, inventar penteados torna a brincadeira mais interessante.

O primeiro que tentei fazer, logo no primeiro dia, foi um coque. Fica lindo de tanto volume que tem. Hoje, já acostumada, peguei as manhas pra me livrar do calor e mais que tudo: se eu já dava valor aos grampos de cabelo, percebi a genialidade da coisa.

Mas e aí? Doeu pra fazer? Quanto custou? Como se deve cuidar? Eu poderia responder isso ainda nesse post, mas ficaria cansativo. Então, próxima semana sai “Box braids: o que, como e onde?”, combinado?! Mas até lá vocês terão posts novo. Amanhã mesmo têm dicas pra arrasarem no carnaval. Não percam! Super beijos e até mais! 😉

Acompanhe o blog também pelas redes sociais!

FACEBOOK • TWITTER YOUTUBE • PINTEREST • FASHIOLISTA

quem sou mari gomes autor

Anúncios
8

Cronograma capilar: o que é e como fazer?

cronograma capa yt

Oiii gente! Dei uma sumida, né verdade? Desculpem-me, mas já devem ter percebido que a pessoa aqui dá uma surtada com os horários de tempos em tempos.

No entanto, adivinhem só o que eu fiz para essa volta? Gravei o tão esperado vídeo sobre o “Cronograma Capilar”! Foi ótimo para atualizar o canal “Maia Vox TV” (Visite aqui!), sem contar que aprendi mais umas coisinhas em edição de vídeo e é claro, compartilhei com vocês o pouco que sei sobre cuidados com nossos cabelos.

No vídeo a seguir, eu explico cada etapa do cronograma, da hidratação a reconstrução, mostro alguns dos produtos que utilizo desde a transição capilar e ainda funcionam após o Big Chop (veja o que é aqui!) e o melhor de tudo é que dá pra provar que não é preciso gastar muita grana para ter cabelos saudáveis!

Qualquer dúvida ou sugestão é só comentar. Se curtirem, dêem aquele velho e bom “gostei” e inscrevam-se lá no “Maia Vox TV” para não perderem as próximas conversas, combinado? Então, bora apertar o play!

 

Olha, aqui tenho para vocês uma tabelinha do cronograma que se encaixa nas mais diversas rotinas que cada um adota. Ela é lá do blog “Uma Garota Brasileira”, da Letícia Moraes (conheçam ela aqui!). Eu não sei o que teve com ele, porque me parece que está fora do ar, o que é uma pena, já que foi lá que entrei no mundo dos cabelos bem cuidados. :/ De qualquer forma, repasso a tabela para vocês! 😉

C

Ah, essa outra aqui é uma com alguns produtos que podem ser aplicados em cada fase do cronograma! (Não achei a origem, mas se alguém o souber, por favor me avise para que eu possa dar os devidos créditos. ;))

575680_517074785025616_1258640176_n

E por hoje é isso! Vou com o passar do tempo liberando os vídeos no mesmo dia em que gravá-los (nem imaginam quantos problemas tive para postar esse agora kkk) e… até mais! Beijocas fieis escudeiros! :*

Acompanhe o blog também pelas redes sociais!

FACEBOOK • TWITTER YOUTUBE • PINTEREST • FASHIOLISTA

0

Arco Íris Capilar!!!

Oi! Não sei se vocês sabem, mas as cores vibrantes estão fazendo su-ces-so também nos cabelos.  Sempre achei legal essa ideia de ter cabelos coloridos ainda mais vendo Avril Lavigne, Hayley Williams e a Marimoon (faz tempo…). O chato é que o eu não sabia onde conseguir uma cor legal daquela e quais são os procedimentos, só conhecia o velho e bom papel crepom (mas nunca pintei, ok!?). Se você ainda tem essa e outras dúvidas veja aí em baixo algumas respostas.

 

Em primeiro lugar você tem que comprar, que procurar uma tinta e gente que entende disso e que você tenha confiança. Assim  evita-se constrangimentos, mas lembre-se: não saia tingindo o cabelo todo de vez não. O ideal é você testar em uma mecha ok?!

#dica: a MariMoon pinta os cabelos com a tinta Jeans Color.

E se você tem cabelo escuro algumas cores podem não ficar tão intensas quanto em cabelos claros, porém não se preocupe. É só você descolorir onde quiser, SEMPRE lembrando que deve estar fazendo isso com pessoas e produtos profissionais e testando antes de tudo.

A manutenção depende de muita hidratação, melhor se você puder fazer isso uma vez ao mês no salão. Agora, se você curte sol, piscina e praia, pode ir se acostumando a ficar sem, ok? A não ser que você queira seu cabelo desbotado.Olha só como ficou o cabelo da Marimoon depois de uma ida a praia:

Também tem que usar xampu para cabelos coloridos. ”Depois do xampu, passar um creme pra hidratar. É o mesmo cuidado que um cabelo sem tinta também precisa. ” – (Marimoon para a Capricho)

Ela também disse que gosta de usar ”um combo da Garnier Fructis. É aquela linha inteira verde que vem com xampu, condicionador e aquele pote de creme de tratamento que eu passo após a lavagem. ” – (Marimoon para a Capricho).

Bom espero que vocês tenham curtido as dicas e se gostou comente ou dê um ”Like” aí em baixo. Que tal dá uma olhadinha na linha cronológica dos cabelos da MariMoon lá no site dela?  Bjs e até a próxima! 😉

1

Tranças!!!

Rosa Chiclete: Volta ás aulas: Penteados simples

Oi! Hoje resolvi falar de TRANÇAS. Essa figurinha carimbada é tendência de verão. Existem muitos tipos e vim mostrar tutoriais que achei na internet sobre alguns deles. Bom algumas são um pouco difíceis, mas depois, quando se tem prática, ficam moleza. Comece a treinar com esses vídeos aqui:

Trança Embutida:

Secrєts Of Bαrbiℯ

Essa é uma trança que muita gente pode conhecer, mas eu quis mostrar esse vídeo pra aquelas que já viram, mas não conseguem fazer ou então querem aperfeiçoar. Também quis mostrar porque também ela é o básico de váriaaaaaaas tranças e sabendo essa as outras ficam mais fáceis, além de você poder usar em vários estilos.

Trança ”Waterfall” – (Cascata)

This path is reckless | via Tumblr

Essa trança pode ser meio complicada, mas fica muito linda. Com tempo vai ficando um pouco mais fácil. Fica mais linda se você finalizar ela com um lacinho, uma presilha fofa…

Trança Espinha De Peixe

Untitled

Essa trança é um pouco complicada, porém o resultado é maravilhoso. Vale a pena tentar, ok?!

Trança De Lado

Pink

Para mudar um pouco a trança simples que tal colocar ela de lado??? Fica super diferente e o melhor: é fácil de fazer. Aposte nela quando você quiser mudar um pouco! (Obs: não coloquei vídeo aqui porque é só você colocar o cabelo todo para o lado e fazer a trança.)

Espero que eu tenha ajudado. Bjs e até a próxima! 😉